BLOG

GERAÇÃO ROCK AND ROLL – Como estão chegando ao mercado de trabalho?

Postado em 25/05/2018

Cheios de criatividade e sempre um passo à frente quando se trata de tecnologia.

Essa é a Geração Z, ou como agora são conhecidos, “Geração Rock and Roll” (nascidos entre 1990 e 1999). É uma geração que amadureceu muito rápido, participa abertamente do relacionamento familiar, argumenta, é questionadora, é precoce.

Mas diante de tudo isso, por que muitas vezes são considerados imaturos?

A resposta é: porque foram criados pelos chamados “Pais Helicópteros”. Sim, os pais dessa geração são superprotecionistas e, ao primeiro sinal de problema, correm para resgatar os filhos.

E qual é o papel da empresa nesse processo?

Cabe à empresa encontrar estratégias para guiar a carreira desses jovens, sendo transparente, fazendo com que eles participem das decisões, sendo aberta ao diálogo e questionamentos constantes, sendo verdadeira, porém firme.

Fazer com que ele entenda qual é o seu papel na companhia, como e onde ele se encaixa e qual resultado se espera dele.

Assim estará ensinando esse jovem a se autogerenciar, ao mesmo tempo em que ele perceberá que tem o apoio do seu líder.

Devemos reter e fazer com que eles percebam o seu melhor talento. E para tanto, o papel do gestor é fundamental nesse processo, pois ele será o equilíbrio entre as diferentes faixas etárias; é ele que vai adaptar o modo de trabalho da empresa a esse novo perfil profissional.

E se eu puder dar um conselho para cada uma das partes:

Jovem: aja com calma, você tem um longo caminho profissional pela frente. Gestor: aproveite para aprender com essa nova geração, tire o melhor dessa relação.

Afinal, por mais rock que seja, sempre é importante ter afinação e harmonia para garantir o sucesso em qualquer show!


Por: Silvana Elert


Compartilhe:

Mais Notícias